Criando aplicação Web com ASP.NET Core MVC – Parte 1

Introdução

Como de costume, estou trazendo mais uma série de artigos e dessa vez falaremos sobre como criar aplicação web com ASP.NET Core MVC. Nesse artigo foi realizar o passo a passo para que você tenha conhecimento para explorar esse mais novo recurso. Sendo assim, esse série tem como principal foco o desenvolvimento de uma aplicação web utilizando-se da tecnologia mais comentada do momento e seguindo um dos padrões mais populares quando o assunto é desenvolvimento Web.

Esse artigo é para todos aqueles que tenha um conhecimento prévio de desenvolvimento web com HTML, CSS e JavaScript, além de também conhecimento em C# e banco de dados. Se você não tiver conhecimento em C#, aconselho ler meu artigo Aprender a programar em C#.

Então vamos ao que interessa.

Leia mais… »

Aprender a programar em C# – Parte 4

No parte anterior dessa série de artigos que abordamos como Aprender a Programar em C#, você viu um pouco sobre a linguagem C# (C-Sharp) de como ela surgiu, tipos de dados, sintaxes, variáveis, operadores, controle de fluxo e laços de repetição, também pode ver um pouco sobre o desenvolvimento de uma aplicação e a compilação por linha de comando e também viu o desenvolvimento utilizando o Visual Studio.

Nessa nova parte, iremos abordar o desenvolvimento de uma aplicação C# utilizando o Visual Studio, porém essa aplicação irá utilizar banco de dados SQL Server, ou seja, criaremos uma simples aplicação que realizar CRUD (Create, Read, Update e Delete) em um banco de dados. Se você não conhece nada de banco de dados, é uma oportunidade para começar a aprender.

Imaginando que você conhece banco de dados, em especial o SQL Server, que também sabe utilizar o SQL Server Manager e já tenha uma instancia do SQL Server ou SQL Server Express instalado, vamos criar a tabela de clientes.

Leia mais… »

Sobre o fórum e mudanças do C# Brasil

Se você chegou até aqui é porque estava em busca do antigo fórum do C# Brasil. Acontece que a alguns anos tentei enriquecer o blog disponibilizando um fórum para que todos pudessem ter um canal de comunicação e permitir alem de tirar dúvidas, resolver problemas. Porém acabou que não deu muito certo e criei problemas para mim. Talvez por falta de dedicação minha o fórum, acabou que ficou abandonado e causando somente dores de cabeça com usuários sem resposta e spammers.

O que acontece é que sempre tentei manter o blog C# Brasil sozinho e com o minimo de publicidade possivel. Alguns colaboradores que passaram por aqui até tentaram ajudar, outros somente tinha o objetivo de realizar publicidade de seus próprios sites ou blog e outro nem isso faziam. Pensando em todos esses problemas e com o crescimento dos grupos nas redes sociais, simplesmente me motivou a abandonar de vez o fórum e renovar totalmente o blog.

A ideia do C# Brasil era compartilhar soluções para problemas do cotidiano ou trazer assuntos voltados a tecnologias Microsoft. Apesar de o C# Brasil não mais existir não faz com que o pensamento que eu tinha também deixa de existir. Foi pensando nisso que resolver mudar e além de trazer assuntos que realmente você procura sobre as tecnologias da Microsoft, irei trazer para você assuntos variados acerca do desenvolvimento fullstack abordando assuntos como NodeJS, AngularJS, Azure, Amazon Web Service, ou seja, tudo que você pensar sobre tecnologias e desenvolvimento poderemos e iremos abordar.

O blog ainda vai contar com o formulário de contato para que você possa enviar sugestões de artigos para que possamos publicar.

Fique a vontade para entrar em contato ou deixar um comentário.

Abraço

Assuma o comando da sua atitude. Não deixe que outra pessoa a escolha por você.
Paul Koch

Aprender a programar em C# – Parte 3

Você viu nos artigos anteriores a abordagem sobre a linguagem C# (C-Sharp) de como ela surgiu, tipos de dados, sintaxes, variáveis, operadores, controle de fluxo e laços de repetição, também pode ver o desenvolvimento de uma aplicação simples e compilação por linha de comando.

Nessa nova parte iremos abordar o desenvolvimento de uma aplicação simples utilizando o Visual Studio para que nós possamos nos familiarizar com a ferramente. Portanto, é importante que já tenha o Visual Studio instalado. Sugiro o uso do Visual Studio Community 2013. Acesse o link www.visualstudio.com e faça o download e instalação, é fácil.

Tela do Visual Studio Community 2013

Leia mais… »

Aprender a programar em C# – Parte 2

Como você pode ter acompanhado no artigo anterior, nós realizamos uma breve introdução e abordagem dos conceitos básicos do C# (C-Sharp) como sintaxe, tipos de dados, variáveis, operadores, controle de fluxo e laços de repetição, caso ainda não tenha conferido, acesse o link abaixo:

Aprender a programar em C# – Parte 1

Nessa segunda parte da série Aprender a programar em C# iremos criar alguns exemplos de código C# em um editor de texto comum de sua preferencia (pode ser o notepad ou notepad++) e compilar o código no compilador csc que acompanha o .NET Framework.

Abra seu editor favorito (no meu caso, vou usar o Notepad++) e vamos criar um código simples abaixo:


using System;

namespace MeuNamespace
{
	public class MinhaClasse
	{
		static void Main()
		{
			Console.WriteLine("Olá C# Brasil!");
			Console.ReadKey();
		}
	}
}

Leia mais… »

Aprender a programar em C# – Parte 1

Com o objetivo de levar um pouco do conhecimento de C# (C-Sharp) aos iniciantes em programação, estou iniciando uma nova série com o foco no aprendizado sobre a linguagem onde os iniciantes em programação acompanhar e aprender a programar em C#.

Iremos abordar alguns detalhes básicos sobre a linguagem tais como sintaxe, tipos de dados, variáveis, operadores, controle de fluxo e laços de repetição.

1 – Introdução

O C# (C-Sharp) é uma linguagem de programação orientada a objeto e fortemente tipada criada pela Microsoft e tendo como principal desenvolvedor Anders Hejlsberg (o mesmo criador do Delphi e Turbo Pascal) como parte do Framework .NET que se encontra na atualmente na versão 5.0. É uma linguagem influenciada pelo C++, Java e Object Pascal.

Leia mais… »

Como saber se um aplicativo .NET é 32 ou 64 bits

No desenvolvimento de aplicações .NET seja ela, ASP.NET, ASP.NET MVC, Windows Library, Windows Form é possível utilizamos algumas diversas linguagens para programação. Porem é possível também definir que nosso executável ou assembly rode em plataforma 32 bits, 64 bits ou para ambas as plataformas (Any CPU).

Mais imagina-se a seguinte situação, um pouco absurda, mais possível de se ocorrer. Você é um implantador de sistemas e deverá atender a uma demanda em um cliente. Implantar o sistema e se depara com um erro ao executar o sistema que acabou de instalar com a seguinte mensagem:


System.BadImageFormatException: Could not load file or assembly '<assembly>' or one of it dependencies. An attempt was made to load programa with an incorrect format.

Alguns outros Exceptions poderão ser vistos aqui nesse artigo sobre Exceptions do .NET Framework

Esse erro ocorrer porque um assembly necessário não foi encontrado na tentativa de executar o sistema. Mais analisando o sistema, é identificado que o assembly se encontra junto ao projeto. Isso ocorre porque o assembly que tentou-se carregar está em uma plataforma diferente do sistema.

Leia mais… »

Segundo fator de autenticação com Google Authenticator

Você já pensou em alguma forma de melhorar a segurança de seu aplicativo seja ele web ou desktop? Saiba que com pouco trabalho você pode implementar em sua aplicação o uso do segundo fator de autenticação. Mais o que vem a ser o segundo fator de autenticação?

O segundo fator de autenticação é um método de segurança que podemos usar em nossa aplicação como um complemento que alem de o usuário informar os dados de login, ele deverá informar uma senha aleatória gerada por um dispositivo chamado Token. Normalmente o Token é um dispositivo físico que nos casos mais comuns geram senhas aleatórias baseadas no tempo que mudam a cada intervalo de segundo ou a cada nova solicitação. Alguns bancos utilizam-se desses dispositivos para reforçar a segurança do acesso e das transações.

Existe também os dispositivos virtuais que normalmente são utilizados em dispositivos como os Smartphones.

Leia mais… »

Como Melhorar a Performance de WebSites .NET – Editora Novatec

como_melhorar_a_performance_de_websites_net

Muitos de nós profissionais de TI, sabemos o quanto é importante a experiência. E é essa experiência que faz diferença muitas vezes na hora de executar alguma tarefa no nosso dia-a-dia.

Imagine uma situação onde você é alertado pela equipe de suporte, ou pelo seus alertas de monitoramento da aplicação de missão critica ou até mesmo o telefonema de um cliente sobre a indisponibilidade do seu sistema. E isso vem acompanhado diversas perguntas que muitas vezes sequer possuem respostas. Sabemos também que na maioria dos casos é possível sim evitar esse desconforto perante a equipe, cliente e até mesmo gerência.

Porque citei esse tipo de situação? Porque qualquer um passou ou passará por essa situação um dia independente da área que atue.

Porém, para os que ainda não possuem esse tipo de experiência, pode evitar essa situação aprendendo com quem já possui mais experiência ou por quem entende do assunto. Então como evitar essa situação deixando nossa aplicação com maior desempenho?

Leia mais… »

Gerar arquivo PDF a partir de código HTML

Existem inúmeras ferramentas para gerar arquivos PDF como .Net, mas poucas delas são confiáveis, e quando são, o valor para utiliza-las é um tanto elevado.

A ferramenta mais utilizada para gerar arquivos PDF é o iTextSharp, que é fácil de implementar, traz inúmeras opções ao desenvolvedor e é totalmente gratuita. Mas para gerar arquivo PDF a partir de um arquivo ou código HTML não é muito simples, tornando o processo muito “braçal”.

Leia mais… »

Conhecendo o CELLSDK

Para quem não conhece ainda o CELLSDK, ele é uma solução para criação de aplicações multiplataforma utilizando C# e .NET em dispositivos Android, IOS e Windows Phone onde é utilizado o seu mesmo código .NET e blibliotecas alem de permitir que você realize depuração do seu aplicativo utilizando emuladores oficiais aumentando a confiabilidade e produtividade.

Entre suas principais características estão:
Leia mais… »

Como alterar uma classe Css via C#

Olá caro leitor!

Quando se trata de CSS, muitos desenvolvedores sofrem por não terem muita prática e criativadade com manipulação de design.

A alteração de uma classe de css pode ser feita atraves do código c# e é um procedimento muito simples.
Primeiramente em uma pagina aspx,temos o seguinte código css:

Leia mais… »

Definindo o valor de um TextBox configurado para password em ASP.NET

Quando a propriedade TextMode de um TextBox é definida como password a propriedade Text não será exibida em tempo de execução, esse comportamento é uma forma de manter a segurança impedindo que a mesma seja visualizada pelo HTML da pagina.

Porem em alguns casos é necessário exibir o valor com sua respectiva mascara no TextBox. Por exemplo, uma pagina que exibe o perfil do usuário, onde o usuário tem a capacidade de alterar sua senha faz sentido exibi-la no TextBox. Afinal o usuário já deverá estar autenticado para acessar a pagina do seu perfil (embora o valor será enviado para o navegador e poderia ser facilmente interceptado por algum sniffer).

Leia mais… »

Desenvolvimento de Website com ASP.NET e SQL Server – Parte 5

Olá caro leitor!
Você acompanhou até aqui o desenvolvimento de website com ASP.NET e SQL Server. Se não acompanhou, acesse:

Hoje iremos finalizar nosso projeto realizando o desenvolvimento das funcionalidades principais do nosso painel de controle. Iremos abordar os seguintes tópicos:

  • Criação das telas de gerenciamento de páginas
  • Uso do CK Editor
  • Link para encerrar sessão do usuário

Para iniciarmos, faça o download do fonte do projeto disponibilizado no Github.

Leia mais… »

Desenvolvimento de Website com ASP.NET e SQL Server – Parte 4

Olá caro leitor!

Em continuidade aos artigos anteriores sobre desenvolvimento de website com ASP.NET e SQL Server. Se você não acompanhou esse série desde o início acesse:

Hoje iremos realizar o desenvolvimento das funcionalidades internas do nosso painel de controle. Nele iremos abordar os seguintes tópicos:

  • Controle de sessão
  • Criação das telas de gerenciamento de usuário

Para iniciarmos, faça o download do fonte do projeto disponibilizado no Github.

Leia mais… »