Codificação Inicial: Introdução ao LINQ – Parte 3

Olá pessoal, neste artigo começaremos a criar um exemplo prático em Windows Forms, com C# e SQL Server. Acompanhem:

Se você não viu as partes 1 e 2 desta série de artigos sugiro que as veja clicando aqui.

 Para o projeto que será criado usaremos o banco de dados de exemplo Northwind, da Microsoft.

Antes de criar o projeto, devemos criar a conexão entre o Visual Studio e o Northwind. Para quem usa Windows 7 (como é o meu caso) o Visual Studio deve ser executado como administrador. Ainda sem projeto criado, abra a janela Server Explorer, clique com o botão direito em Data Connections e clique em Add Connection. Na nova tela, selecione seu servidor SQL, escolha o database Northwind e clique em OK.

Agora crie o projeto Windows Forms e adicione um ComboBox e um DataGridView. A ideia é popularmos nosso Grid com 20 produtos da tabela Products, do Northwind e utilizarmos o LINQ para filtrarmos os produtos (será feita na parte 4 desta série de artigos), de acordo com o valor selecionado no ComboBox.

Leia mais… »

Trabalhando com Arquivos em C# – Parte 3

Olá pessoal, nesta última parte de nossa série de artigos sobre manipulação de arquivos em C# iremos criar caixas de diálogo em nosso Form.

Faço este artigo com base nas videoaulas de Bruno Belizário, do Portal Linha de Código, mediante autorização do mesmo. Acompanhem o passo-a-passo:

Lembrando que para estes artigos estamos usando as classes FileStream, StreamReader e StreamWriter, todas contidas no namespace System.IO, que é específico para manipular arquivos.

Nos 2 últimos artigos, não tivemos interação com o usuário, já que definimos o caminho padrão de nosso arquivo texto. Neste artigo, faremos diferente usando caixas de diálogo.

Leia mais… »

Trabalhando com Arquivos em C# – Parte 2

Olá pessoal, na 2ª parte de nossa série de artigos sobre manipulação de arquivos em C# iremos dar continuidade ao nosso Form criando os métodos dos dois botões restantes, o Alterar e o Excluir.

Faço este artigo com base nas videoaulas de Bruno Belizário, do Portal Linha de Código, mediante autorização do mesmo. Acompanhem o passo-a-passo:

Lembrando que para estes artigos estamos usando as classes FileStream, StreamReader e StreamWriter, todas contidas no namespace System.IO, que é específico para manipular arquivos.

Leia mais… »

Trabalhando com Arquivos em C# – Parte 1

Olá pessoal, nesta série de três artigos mostrarei como manipular arquivos texto em C# usando Windows Forms. Este exemplo simples serve também para outros tipos de arquivos.

Vamos criar, abrir, concatenar, alterar e excluir arquivos texto, além de usar caixas de diálogo para trabalhar com eles.

Faço este artigo com base nas videoaulas de Bruno Belizário, do Portal Linha de Código, mediante autorização do mesmo. Acompanhem o passo-a-passo:

Para estes artigos iremos usar as classes FileStream, StreamReader e StreamWriter, todas contidas no namespace System.IO, que é específico para manipular arquivos.

Leia mais… »

Monitorando Arquivos e Diretórios com FileSystemWatcher

Olá pessoal, neste artigo irei criar uma aplicação em Windows Forms para mostrar como monitorar arquivos e diretórios usando o componente do .NET Framework FileSystemWatcher.

Faço este artigo com base nas videoaulas de Luiz Maia, do Portal Linha de Código, mediante autorização do mesmo. Seguindo as videoaulas, de início irei falar dos conceitos, propriedades e atributos do FileSystemWatcher e logo depois farei um exemplo prático em Windows Forms demonstrando o uso do mesmo. Acompanhem:

O FileSystemWatcher é um componente nativo do .NET Framework que tem como função monitorar diretórios e árvores de diretórios disparando eventos e enviando notificações sobre quaisquer alterações que venham a ocorrer nestes diretórios. Desta forma, quando algum diretório ou subdiretório é criado, alterado, renomeado ou excluído, o FileSystemWatcher acaba funcionando como um “dedo duro” informando ao usuário estas ocorrências. Esse componente pode ser usado para monitorar um ou mais computadores locais, remotos ou em rede.

Leia mais… »